sexta-feira, 22 de novembro de 2019
lib.med.br > Dr Murilo Catafesta das Neves
Artigos científicos - quarta-feira, 22 de outubro de 2014
Artigos científicos - quarta-feira, 22 de outubro de 2014
Publicado por Murilo Catafesta das Neves, Paula Demétrio de Souza
Introdução: Pacientes com hiperpatatireoidismo secundário
e terciário que não respondem adequadamente ao tratamento
clínico e os portadores de Síndrome Endócrina Múltipla tipo
1 são candidatos a paratireoidectomia total. Uma das causas
responsáveis por persistência da doença é a identificação
incompleta das quatro paratireoides (PT) no intraoperatório.
objetivo:O objetivo deste trabalho retrospectivo é avaliar se a
lobectomia da tireoide e o esvaziamento cervical do nível VI com
timectomia foram efetivos na identificação anatomopatológica da
quarta PT. Resultados:Foram identificadas apenas três PT em 20
(6,4%) dos 312 pacientes estudados. Cinco deles foram curados
após a identificação e retirada de apenas três PT, demonstrando
que possuíam apenas três glândulas. A quarta PT foi identificada
no relatório da anatomia patológica em 10 casos sendo cinco
encontradas intratireóideas e cinco intratímicas. Em cinco
pacientes a quarta glândula não foi localizada, constituindo assim
o insucesso cirúrgico (1,6% da amostra total). Conclusão:Com
isso, conclui-se que a lobectomia da tireoide e o esvaziamento
cervical do nível VI com timectomia (homolaterais a paratireoide
não identificada) são recomendados nos pacientes onde não são
identificadas as quatro PT pois permite a localização da glândula
em 66,6% dos casos onde ela existe e não foi encontrada.
Descritores:Glândulas Paratireoides; Timo; Tireoidectomia.   [Mais...]



Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Assinar